CUIDADO COM AS DISTRAÇÕES

“Uma exortação à quem tem ouvidos para ouvir o que o Espírito está dizendo nesse tempo”!


Amados, se formos fazer àquilo que Deus nos chamou para fazer, devemos nos concentrar porque o mundo em que vivemos está cheio de “distrações e impedimentos”.

Quero definir duas palavras chave nesta mensagem. A primeira é:
Distrair= desviar a atenção, descuidar-se, divertir-se.(Dicion.Aurélio)
Concentrar= fazer convergir p/um centro, aplicar o pensamento ou a atenção de modo intenso e exclusivo.
Na realidade esse assunto se resume em “Quem” é o centro das suas atenções? Você mesmo ou o Senhor? Uma pergunta muito séria p/os nossos dias atuais, pelo menos, isso tem determinado muitas mudanças em minha vida, o fato de “Quem e o Quê” vêm em primeiro lugar. Compartilho isso com muita integridade porque desde que ouvi o versículo de (Mt.6:33), isso vem sendo uma tônica em minha vida diária, e um grande desafio também que tenho proposto à mim mesma. Entendi que Jesus estava ordenando uma “prioridade” p/minha vida, à fim de que eu não perca o meu destino, nem fique fora de rota. “Buscai primeiro o Reino de Deus[…]” A Palavra grega traduzida por buscai significa (lutar por, desejar ardentemente) e indica uma ação contínua (continue lutando, prossiga procurando, permaneça desejando).
A nossa tendência humana é evitar a dor e buscar aquilo que nos dá prazer, e as distrações nos ajudam a fazer isso, por isso, devemos ter muito cuidado com elas. Muitas vezes nós abraçamos as distrações na tentativa de fugir de alguma tarefa que recebemos de Deus, dilatar o máximo o prazo que temos p/cumprirmos a grande responsabilidade que temos como cristãos nesse mundo. As distrações promovem satisfação e nos mantêm muito ocupados (as) p/atendermos a Deus, ou darmos ouvidos ao que Ele está nos falando. É exatamente isso que a distração faz, ela consome o nosso tempo que é de Deus, e isso nos impede de alcançar os melhores desígnios de Deus. É muito fácil e rápido perdermos o rumo e nos desviarmos do foco, porque há muitos atrativos e muita sedução ao nosso redor, nos assediando tenazmente, visando nos embaraçar, nos envolver e nos fazer descer à ladeira da mediocridade e da mornidão. Basta nos distrairmos e passamos do quente p/o morno. Essa é uma velha tática do diabo que ainda se aplica em nossos dias avidamente. Leia Neemias 6 e confirme isso. Neemias foi um homem que recebeu do Senhor uma tarefa e dispondo-se à cumpri-la enfrentou sutis e violentas oposições dos inimigos que procuravam distraí-lo, mas ele foi um exemplo de alguém que alcançou em Deus um coração sábio, através da oração e da vigilância, ele se manteve obediente a cada uma das instruções de Deus e teve discernimento e sabedoria p/não cair nas ciladas nem nas tentações que lhe sobrevieram, antes porém,prosseguiu centrado naquilo que havia recebido de Deus. Ele se manteve concentrado. Um versículo forte sobre essa questão está em (2Tm.2:4), e diz: “Nenhum soldado em serviço se envolve (se embaraça) c/negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer (agradar) Àquele que o arregimentou (o alistou p/guerra).” Tem outro também que é p/advertência nossa nesse sentido em (Lc.10:41 e 42)Jesus admoesta: “…Andas ansiosa (preocupada) e afadigada c/ tantas coisas[…]” Creio que essas tantas coisas e os negócios desta vida, são a mesma coisa, são coisas que querem nos envolver à ponto de nos fazer perder o objetivo (foco, alvo) e a perspectiva divina p/qual fomos predestinados por Deus desde a fundação do mundo.Coisas que vem p/nos distrair de modo que busquemos e façamos tudo o mais, menos aquilo que é realmente necessário, “a melhor parte”. Vejo essas distrações também, como uma falsa segurança que nos faz sentir confortáveis ao buscarmos as coisas fáceis, o lado mais ameno da vida, à fim de descansarmos a mente e aliviarmos a pressão [uma rota de escape]. Nadar contra a correnteza demanda muito esforço e remar correnteza acima exige muita determinação e gasto de energia. O ponto aqui é : o que queremos e buscamos? (Leia Cl.3:1-2), e encontre duas ações práticas e funcionais: “Buscai e Pensai” nas coisas lá do Alto, onde Cristo vive, NÃO nas que são aqui da terra. As distrações aqui da terra, são como imãs que arrastam as coisas à frente de Deus em nossas vidas, por isso, a necessidade de entendermos que o Reino à qual nós fomos transportados é um Reino Inabalável, de Justiça, Paz e Alegria no Espírito Santo, onde só permanece as coisas genuínas (inabaláveis), e através desse entendimento e da nossa postura frente a isso, que nos desvencilhamos dos nossos próprios interesses. Amei esta citação que li certa vez: “APENAS UMA VIDA E ESSA LOGO PASSARÁ; SÓ O QUE É FEITO P/CRISTO DURARÁ!”‘
Estou compartilhando minhas descobertas e experiências porque acredito que é bom aprendermos c/ nossas próprias experiências, mas é mais sábio aprendermos c/as experiências de outros.Você não precisa sofrer as consequências que sofri até aprender e me tornar praticante, houve um processo doloroso aí, mas, se você tiver um coração humilde e receptivo, você poderá aproveitar bem melhor o tempo que Deus te dá, tornando-se já, um praticante, subindo a ladeira da disciplina e do crescimento, não regredindo aos hábitos carnais qdo sob pressão.
(Habacuque 2:1a) […”Vigiarei para ver o que Deus me dirá!”]
MANTENHA-SE CONCENTRADO!
Flávia Giovanna ( filha, serva e amiga do Senhor)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: